18/06/2020

A Estrutura de Valor da Blockchain

Por wcalazans

Em julho de 2019, o Fórum Econômico Mundial e a Accenture lançaram o Building Value with Blockchain Technology, um white paper destinado a ajudar as organizações a avaliar os benefícios do blockchain e construir um caso de negócios eficaz. O white paper é baseado em uma pesquisa global de 550 indivíduos em 13 setores, incluindo automotivo, bancário e varejo; entrevistas com CEOs e líderes do setor público; e uma análise detalhada de 79 projetos de blockchain. Vale a pena uma leitura!

Os participantes da pesquisa foram questionados pelos principais motivos que levaram suas organizações a investir em soluções blockchain. Em todos os setores, as três principais prioridades foram:

1. Rastreabilidade total das informações sobre o blockchain;

2. Capacidade de garantir que os dados não foram violados; e

3. Maior segurança.

Veja que interessante: Novos produtos ou serviços de negócios ficou em último lugar entre as opções de investimento em blockchain, sugerindo que, nesta fase inicial, melhorar os produtos e serviços existentes é uma prioridade mais alta do que considerar novas oportunidades de negócios.

Como costuma acontecer, o medo é outro poderoso motivador para afastar investidores em uma nova tecnologia de rápido crescimento. Espera-se que os gastos mundiais em soluções de blockchains atinjam quase US $ 3 bilhões em 2019 e perto de US $ 12,5 bilhões em 2022.

51% dos entrevistados mencionaram “perder o desenvolvimento de novos produtos / serviços” como sua principal preocupação se não investirem em blockchain no futuro próximo;

23% mencionaram “perder ganhos de eficiência”; e

15% estavam preocupados em “perder a economia de custos”.

Com base na análise de quase 80 projetos de blockchain e dezenas de entrevistas com líderes do setor público e privado, o estudo desenvolveu a “estrutura de valor do blockchain”. A estrutura visa ajudar as organizações a identificar o valor concreto da tecnologia blockchain em suas propostas de casos de uso e a construir um caso de negócios correspondente.

A estrutura possui três dimensões distintas:

a) maior produtividade e qualidade,

b) maior transparência entre as partes e

c) reinvenção de produtos e processos.

Cada dimensão inclui um conjunto distinto de recursos de habilitação de blockchain que fornecem uma solução para um problema concreto ou apresentam uma área de oportunidade.

“Considere isso como a validação de que blockchain é a tecnologia correta para resolver a prioridade do estado atual e um primeiro passo para o desenvolvimento futuro se concentrar”.

Além disso, a estrutura ajudará a identificar onde o valor real será criado.

“Cada projeto toca em componentes importantes dos negócios, que são impulsionados pela tecnologia – e quando chega a hora, esses fatores se tornam a base para qualquer caso de negócios.”

Deixe-me resumir os principais recursos em cada uma das três dimensões.

Maior produtividade e qualidade.

auditavel – as organizações podem reduzir seus custos de auditoria e aumentar os níveis de confiança com base na capacidade da blockchain de fornecer um registro compartilhado de transações totalmente rastreável a todas as partes;

conformidade – dado que o blockchain não pode ser adulterado, ele fornece maior confiança ao otimizar processos e reduzir custos;

segurança de dados – o uso da blockchain de tecnologias criptográficas de ponta reduz o risco de violação de dados e limita o dano caso ocorra uma violação;

automação de processos – os processos de negócios podem ser executados automaticamente por meio de contratos inteligentes baseados em algoritmos, melhorando a eficiência e a produtividade do trabalhador; e

padrões – as organizações que trabalham juntas em um ecossistema blockchain devem concordar com um conjunto comum de protocolos e regras pelas quais trabalharão juntas, o que resultará em melhor tempo de colocação no mercado e produtividade

Maior transparência entre as partes.

compartilhamento de dados – o blockchain permite que os parceiros comerciais compartilhem dados em tempo real, bem como o histórico desses dados, incluindo quaisquer modificações, o que facilita a resolução oportuna de disputas entre parceiros;

resiliência – o livro razão distribuído da blockchain reduz o risco de perda ou corrupção de dados devido a desastres naturais ou provocados pelo homem, ataques de hackers, funcionários mal-intencionados ou incompetentes ou outros eventos desse tipo; e

trust – blockchain aumenta significativamente a confiança, protegendo criptograficamente suas informações, reduzindo assim os riscos de negócios.

Reinventando produtos e processos.

produtos e serviços novos e aprimorados – ativos digitais, como gerenciamento de direitos digitais e títulos de propriedade, “podem existir além do guarda-chuva de uma organização, empresa ou governo”, criando novas oportunidades de negócios em potencial;

parcerias novas e ampliadas – novas parcerias podem ser formadas mais facilmente, devido à maior confiança oferecida pelas tecnologias blockchain, e também de forma mais eficiente, dada a capacidade de automatizar as interações das parcerias por meio de tecnologias como contratos inteligentes;

autenticação – as tecnologias criptográficas da blockchain podem ajudar usuários individuais autenticados em várias redes, resultando em maior confiança geral; e

gerenciamento de identidade – as tecnologias blockchain melhoram significativamente o gerenciamento e o uso de identidades digitais, contando com a cooperação de várias instituições, em vez de depender apenas de uma instituição.

Por fim, o white paper oferece várias recomendações:

Tire um tempo para entender a tecnologia. É importante entender as características e os direcionadores de valor da blockchain, suas possíveis oportunidades de negócios, bem como ameaças competitivas e o impacto geral em um determinado setor. “Cada organização deve ter um líder sênior responsável por entender e acompanhar o que está acontecendo com a tecnologia e dentro das indústrias”.

Defina expectativas realistas. “Como qualquer grande transformação comercial ou organizacional, o sucesso depende mais do que simplesmente conectar a tecnologia ou criar um nó de blockchain … Garantir que todos estejam na mesma página desde o início, tanto na organização como em parceiros externos. a maior chance de superar a impaciência e suposições irrealistas. ”

Alinhar às prioridades estratégicas. A decisão de implementar uma solução blockchain deve basear-se na identificação de um caso de uso específico, bem como em um problema ou oportunidade concreta para os negócios. “Diferentes estratégias estão corretas para diferentes organizações – para algumas, não investir imediatamente é a resposta correta.”

Avalie o valor da blockchain em relação a outras tecnologias. “Para muitos casos de uso, outras tecnologias terão menor custo, menor risco e serão implementadas mais rapidamente”. É por isso que é importante que as organizações considerem cuidadosamente se existem soluções mais adequadas para seus casos de uso antes de se comprometerem com a blockchain.

Permaneça ágil em sua abordagem. Mesmo que não exista um caso de uso ou proposta de valor claro, continue a monitorar oportunidades em potencial à medida que as tecnologias blockchain evoluem e melhoram.

Pense além da sua organização individual. “A natureza descentralizada da blockchain torna mais viável a transformação de uma abordagem isolada para a integração da cadeia de valor de ponta a ponta em ambientes fragmentados e complexos. De fato, a falta de colaboração pode minar – ou até bloquear – essa transformação. Na avaliação do valor, é importante considerar os efeitos de rede e de escala, principalmente quando ativados pela colaboração. ”

Conte aos amigos